Terra Morta - Introdução



Não me lembro que dia é hoje.

Nas últimas semanas sobreviver se tornou mais usual do que olhar calendários. Os dias ficaram mais longos e cansativos enquanto espero uma salvação... Ou pelo menos o fim. Mas, pensando bem, o fim vem vindo desde o dia em que tudo isso começou.

Não acredito que essa história seja contada novamente algum dia, visto que encontrar pessoas se tornou um acontecimento raro. Acho difícil alguém durar do jeito que as coisas estão. E quando digo pessoas, me refiro a pessoas de verdade, que respiram e conversam, e não a esses malditos canibais que espreitam a cada esquina por onde passo, em cada construção abandonada, repleta de moscas atraídas pelo cheiro fétido que tomou conta do ar. Esse cheiro de morte. Me pego pensando se um dia tudo voltará a ser como antes. Se os carros transitarão novamente pelas ruas, poluindo a atmosfera, em cidades habitadas por pessoas, egoístas e preocupadas com suas próprias vidas, enquanto acumulam dinheiro e desilusões. Se as emissoras voltarão ao ar pra noticiar desastres, mortes, corrupção. Se... É, acho que o mundo não mudou tanto assim. As poucas pessoas que encontrei ainda são egoístas pensando em sua própria sobrevivência. O ar está contaminado com o cheiro dos corpos espalhados pelas ruas. Ninguém pensa mais. Todos agem como animais irracionais, tanto os poucos sobreviventes quanto os milhares de "mortos" andantes. Aliás, preciso parar de escrever, pois há três deles do lado de fora desse freezer onde estou. Procuram por comida – nesse caso, eu. Tenho que sair daqui sem fazer barulho. Se me encontrarem, será meu fim. E eu tenho que impedir que meu fim chegue o máximo que eu puder. No fundo, acho que minhas esperanças nunca morrerão.

Vou desligar a lanterna agora.


 

39 mordidas:

rfafla disse...

mermão ficou show, se continuar nesse ritmo a historia vai ser boa, mas cuidado pra não cair nos cliches que tem no mundo das historias de zumbi

15 de agosto de 2008 02:33
ℓυcαѕ disse...

que foda ! amei, já tá nos favoritos. espero que voce continue :) e espero que como o rfafla falou, cuidado pra nao cair nos cliches de historias de zumbi, IUHASDUIASHDHUSA boa sorte !

15 de agosto de 2008 02:43
Toy disse...

O que seriam os clichês?

15 de agosto de 2008 02:47
ℓυcαѕ disse...

pra mim clichê de zumbis são:
1º muito usado na série resident evil e filmes de zumbi atuais: mordeu, dois segundos ou mais algum tempo, virou zumbi.
2º te perseguir com as mãos levantadas, cambaleando e fazendo 'uuh, uuh'. parece que estão com uma p*ta dor de cabeça UDHSADUHAS
e 3º: conseguir mata-lo apenas com um tiro na cabeça

15 de agosto de 2008 03:33
Toy disse...

Ah, tá, pode deixar que me liguei nos clichês. Os evitarei ao máximo. Hahahahaha. Abraços e obrigado.

15 de agosto de 2008 04:22
rfafla disse...

na verdade isso que o lucas disse são , os raizes do genero zumbi, o que torna bem dificio faze algo relacionado a zumbis sem eles, cliches são tipo, aq loira peituda gostosa sobreviver ate o final e os caras do bope num durarem 2 minutos, intendeu?

19 de agosto de 2008 14:55
Kaline disse...

Puxa, cara, tu mandou bem. Quem me indicou esse post foi um amigo, e eu cheguei meio na defensiva, com medo de ler coisa boba.

Mas valeu a pena!
Vou acompanhar daqui pra frente!

19 de agosto de 2008 17:00
Toy disse...

rfafla: Eu entendi quais seriam os clichês. Vou evitá-los, mesmo porque, não estou me baseando em fatos vistos em filmes ou jogos do gênero. Estou pendendo pra um lado mais real.

Kaline: obrigado pelos elogios. Tento evitar escrever coisa boba ao máximo. Ficaria muito Resident Evil. Pó'relaxar que não vai surgir nenhum Hunter ou Nemesis aqui.
Rssssssss

Continuem acompanhando!

20 de agosto de 2008 01:08
Thaís V. Manfrini disse...

Escuridão.

28 de agosto de 2008 16:29
Juão disse...

Cra sou viciado fascinado em zumbis
adorei
acompanharei
abraços

1 de setembro de 2008 17:10
Carlos disse...

Muito bacana cara, você escreve muito bem, assim que tiver tempo vou ler o resto da história.

26 de setembro de 2008 17:43
Diego disse...

\o² SHOOOOWWWW KRAA.. fico mto lokoo mermãoo² na boa.. ;)
continuee assim kra.. e ainda esperevo ver o ''terra morta 2'' nos cinemas... abração meu velho... (y)

27 de setembro de 2008 21:40
Drica-chan disse...

Está muito bom!
Eu amo histórias em 1ªpessoa.
Acho que fica show.
*-* Terror!

17 de outubro de 2008 23:46
caio disse...

Fantástico .

15 de novembro de 2008 02:19
Huntress disse...

Adorei esse começo. Brilhante. Um amigo me recomendou o blog, mas só agora pude começar a ler..
Vou ver o resto, mas isso ta me lembrando uma versão zumbi e mais interessante de Blecaute do Marcelo Paiva.

17 de fevereiro de 2009 03:43
Brunno Fagundes disse...

A história promete... vou continuar lendo e dando review *O*
Introdução tá super, e olha q eu nem sou ligado nessa para de zumbi...

26 de agosto de 2009 13:17
juninho95 disse...

ve se coloca uns hunters ai pra da uma grande apimentada

22 de fevereiro de 2010 14:15
Exu-Sama disse...

começando a ler mto interessante *--*

8 de março de 2010 22:57
Rafael disse...

- Um amigo me indicou, vou seguir.

27 de abril de 2010 18:53
historia medierval disse...

blza toy cara nem li direito todos os capitulos mas ja achei interessantes,enredo muito bom,mas gostariade falar outra coisa com vc,e que recentimente ei tive uma ideia estilo essa sua so que voltado a historia medierval rpg.Com isso comeceu uma pesquiza onde encontrei essa sua obra fantastica,foi aonde me deu mas animo para proceguir.
No momento estou sem tempo por causa da faculdade mas espero começar nas ferias do meio do ano ed ar continuidade.
cara so que olha so esa ideia minha,eu vou criar um blog e botar imnha ideia central,mas vou contar com a historia de personagem referente a personalidade ou no contexto durante toda a obra
e aí essa ideia pra vc sera que dar certo ou eu to pensando alto.

16 de maio de 2010 00:14
geovane_texeira_gigio disse...

Horrraaaa Toy só pela introdução já deu pra ver que a história e de bom escritor! Vou continuar a ler e quero jogar! Abrako fella! Sorte com Terra Morta!

9 de outubro de 2010 16:25
Cinemaluco! disse...

Ouu,adorei!!
me lista como aliado
http://zombies-apocalipse.blogspot.com/

2 de novembro de 2010 16:40
Fäbiø disse...

Mas o clichês que são o que tornam eles aterrorizantes.Por favor não faça que nem o "terror" moderno que utiliza zumbis que correm mais que quenianos em maratona.

3 de novembro de 2010 15:40
Eduardo Moska disse...

Que tal fazermos uma audionovela disso?

Eu tenho experiência em podcasts e posso ajudar! veja lá levelgamer.com

moska4730@gmail.com

9 de dezembro de 2010 14:39
Eduardo disse...

Como disse: gostaria de ver até onde essa história vai chegar!
Boa Sorte!

21 de junho de 2011 17:23
Overdose de Beladona disse...

Uau!!!
Adorei!!!
Você escreve muito bem.
A Introdução está muito bem elaborada, como deve ser: Misturando a apresentação e atiçando o leitor ao consumo da obra. (Tem pessoas, que não gostam de que me refira ao livro como algo consumível. Porém, desde que me entendo por traça-de-livro, não os leio e, sim, os consumo. KKKKK)
Adorei a relação do canibalismo com o egoismo humano que você fez.
Bem, mais comentários só com lendo o livro.
A Introdução é muito pouco e me deixou faminta.
PS: Não esqueça de me informar onde posso comprar o livro.
Já estou com água na boca e ansiosa para dar a minha mordida. KKKKKKKKKK

22 de junho de 2011 03:28
૮α૨ѳℓ disse...

Confesso que quando vi seus comentário no Skoob pensei: Iiiii, deve ser mais uma história clichê! Até porque convenhamos que apocalipse zumbi é um tema bem batido.
Não mudei minha ideia com apenas esta introdução (zumbis em geral são clichê), mas tenho que admitir que despertou minha curiosidade. Vou apostar uma parte do meu salário no seu livro quando for lançado, por isso me surpreenda!
auhsauhsuashuashauhs
Enquanto isso, vou lendo uns *spoilers* por aqui mesmo, hahaha.

Beijos e boa sorte com o livro!

22 de junho de 2011 17:23
Jefferson Reis disse...

Eu ADORO zumbis e infectados. Encontrei este blog pelo criando Testrálios e me assustei, porque estou escrevendo exatamente sobre este assunto, infectados. Vou ler um capítulo por dia.

5 de agosto de 2011 04:19
jean george disse...

Po meu kde a continuação? Eu quero ler logo.

6 de julho de 2012 18:54
Tiago Toy disse...

Jean,

Continuação de quê? Do capítulo ou da estória em si?

O primeiro livro da saga Terra Morta foi lançado em dezembro de 2011, e está a venda em livrarias como Cultura, saraiva, Martins Fontes, ou em e-book na Amazon. Você também pode adquiri-lo no site da editora Draco:

http://editoradraco.com/2011/10/08/terra-morta-fuga/

Ou você se referiu à continuação do livro?
Caso seja isso, o segundo livro, "Infecção", está em fase de revisão e logo teremos novidades quanto ao lançamento, a data sendo informada aqui no blog.

Abraço!

6 de julho de 2012 23:29
Telma Myrbach disse...

Gostei muito de sua escrita e adoro o gênero suspense/terror.
Vou ficar esperando o lançamento.
beijos e muito sucesso para você!

livrocomdieta.blogspot.com.br

6 de outubro de 2012 00:32
Bárbys disse...

Eu ADORO zumbis e infectados.Encontrei pelo skoob, você memandou um recado...
Entrei primeiro lá e agora estou aqui.
Já li a Introdução e amei muito e vou ler os outros capítulos PARABÉNS!

2 de janeiro de 2013 16:06
Priscila Monteiro disse...

Muito bom, muito bom ! haha

9 de janeiro de 2013 15:53
Anônimo disse...

Parabens ficou bem legal, continua essa história. Lembre-se que a série Apocalypse Z começou em um blog :)!!

27 de janeiro de 2013 23:16
Renara Novais disse...

Thiago fiquei totalmente impressionada a introdução já me chamou atenção e eu fiquei querendo ler mais e olha que nem gosto de ler pelo PC, prefiro as páginas... Parabéns!!

31 de janeiro de 2013 12:51
Anônimo disse...

PRONTO. virei fã

By:. Airton Farias

17 de outubro de 2013 13:38
Tiago Toy disse...

Obrigado, Renara, Priscila, Bárbys, Telma e os dois anônimos, rs

Sejam todos bem-vindos à resistência!
\o

17 de outubro de 2013 18:07
Tiago Toy disse...

Ah, um dos anônimos é o Airton. Obrigado, Airton \o

17 de outubro de 2013 18:07
Elisandra Eccher de Andrade disse...

Oie Tiago,
Depois de ler a trilogia Apocalipse Z....do Manel L. Doval, fiquei encantada com zumbis e os estilo de escrita....em breve vou ler O Vale dos Mortos e espero uma hora poder ler o seu...parabéns e sucesso....que a cada dia crie mais e mais histórias para nós devoradores de livros.

Beijos Elis! - http://amagiareal.blogspot.com.br/

23 de fevereiro de 2015 21:04

Postar um comentário